Rio Ganges: poluição e misticismo

Ganges é o rio mais sagrado para os hindus. Estima-se que 2 milhões pessoas banham-se diariamente no rio, apesar da imensa quantidade de resíduos químicos, esgoto e cadáveres.

Os rios sempre foram instrumento de desenvolvimento. Desde a antiguidade, as civilizações se reuniam em suas margens e, gozando de seus benefícios, formavam pequenas vilas e então, cidades. Ainda hoje, muitas pessoas dependem dele para sua sobrevivência. No entanto, com a falta de planejamento urbano e crescimento descomedido das cidades, muitos dos principais rios mundiais estão drasticamente poluídos, o que, como citei no texto do Dia Mundial das Águas, acarreta inúmeras doenças e, consequentes, mortes.

Jovem à procurar de algo para vender no Citarum, rio mais poluído do mundo.

Jovem à procura de algo para vender no Citarum, rio mais poluído do mundo.

Segundo a WWF, 5 rios que servem 870 milhões de pessoas na Ásia estão entre os 10 mais ameaçados do mundo. E desses citarei o Citarum, na ilha de Java, na Indonésia e o mais conhecido por nós (ao menos por nome, thanks Globo), o Ganges, na Índia. O primeiro recebe o infeliz título de mais poluído do mundo, e pela foto ao lado não é difícil acreditar nisso. Muitas indústrias, principalmente as têxteis, que começaram a fixar-se à beira do rio a partir da década de 80, passaram a despejar seus dejetos químicos sem nenhum tratamento no Citarum que, somados aos dejetos humanos e todo o tipo de lixo doméstico, tornou-se morto e tóxico. Sem nenhum tipo de tratamento ou coleta de lixo, ele é o destino e “solução” dos problemas do povo dessa ilha, que ainda usa a água para beber, lavar e plantar.

Já o Ganges (ou Benares), ao norte da Índia e Bangladesh, tem uma história um pouco diferente. Ele atravessa 9 estados e influencia a vida de 300 milhões de pessoas, das quais 20 milhões estão dispostos em suas margens. O rio tem uma grande importância para esta população, pois é dele que é retirada água e os alimentos que consomem. Para os indianos, os rios são como divindades e o Ganges é o mais sagrado deles. Os seguidores do Hinduísmo (mais de 80% da população indiana) acreditam que banhar-se em suas águas é sinal de purificação dos pecados. E talvez essa seja a diferença entre o que acontece na Índia e em outros países.

Além dos dejetos industriais e domésticos (89 milhões de litros de esgoto são jogados no rio todos os dias), dos fertilizantes e pesticidas usados na agricultura (43% de toda irrigação na Índia é baseada às margens do rio) e do lixo em geral, a questão religiosa também contribui para o seu deterioramento. Diariamente, 2 milhões de pessoas banham-se no rio em busca dessa purificação. Porém, banhar-se, em si, não é o problema. E sim o que os crentes acabam fazendo em nome de sua fé. É comum ver corpos humanos e de animais boiando ao longo do rio. Os adultos são queimados em uma fogueira e então têm suas cinzas jogadas no rio sagrado. Já as crianças (e grávidas), consideradas puras, têm pedras amarradas aos pés e então são lançadas no meio do rio. Não obstante, animais como vaca – símbolo sagrado – também têm o mesmo destino. Assim, convivem os corpos fétidos (humanos e animais), as cinzas de mortos, os pescadores, as pessoas que lavam roupa, os crentes se banhando, as crianças que brincam, e a imensa quantidade de lixo, como plásticos, resíduos químicos e sanitários.

Peregrinos acreditam que as águas do Ganges dispõem de um poder especial de absolvição dos pecado

Eu conversei com alguns amigos indianos, o Tarun Sharma e Rahul Acharya, e foi bem interessante ver o que eles pensam a respeito. Eles me falaram de como a questão religiosa é forte e como as pessoas acabam sendo induzidas a realizar determinadas ações. Ambos concordam que a Índia é um país muito corrupto, não só politicamente, mas também em relação a religião. Há muito aquele discurso de garantir um lugar junto aos deuses através de determinados rituais – como jogar corpos e as cinzas no rio. Há centenas de anos que os indianos seguem estes costumes, não seria agora, em poucas décadas, que eles deixariam de praticá-los. É como se eles não vissem além da religião e, tanto Tarun, quanto Rahul, me disseram que na própria religião os interesses financeiros falam mais alto. Além disso, acordos entre empresas e políticos, e a falta de vontade do Governo faz com que, mesmo aqueles 2% ou 3% interessados em ajudar, como me disse o Tarun, não tenham espaço para defender o rio. É o exemplo do grupo EcoFriends, que realizam ações nada fáceis, como podem ver nas imagens de retirada de corpos do rio, aqui.

Corpo boiando no Ganges e, ao fundo, pessoas banhando-se e lavando roupa tranquilamente.

Em verdade, a despoluição do Ganges não é assunto novo. Em 1986, foi lançado o Ganga Action Plan, que tinha por objetivo conservar a biodiversidade, diminuir a poluição e aumentar a qualidade de água. Obviamente, ele falhou. Como disseram meus amigos indianos, não adianta nenhuma ação sem primeiro mudar as atitudes. Por outro lado, o Governo não fará nada por ele só, é preciso cobrança.

Infelizmente, a poluição do meio ambiente é um presente (de grego) do desenvolvimento industrial e do boom populacional, aliado à falta de planejamento urbano e condições miseráveis de vida. Como o Tarun, eu espero um dia poder ver essa realidade mudando e isso só depende daquilo que fazemos hoje.

-
Aos com estômago forte, deem uma olhada nessas fotos: aqui.
Related Posts with Thumbnails
Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook
  • http://otempoquehadevir.blogspot.com/ Voz

    Como se pode ver nestas fotografias, e em tantas outras e vídeos que existem, o animal humano já está a tirar o devido proveito desta poluição pelo que ela irá continuar, pois gostamos de viver no meio do lixo.

  • Pingback: Ursula Vettori Moss

  • Pingback:

  • Pingback: Mara Dias✓ | ♥

  • Pingback: Barbara Gomes

  • Hermes Almeida

    Aterramento sanitário já
    O uso das Caixas de lixo já
    Reciclagem já
    Tudo pra já e logo,logo tudo ficará joia.

  • Pingback: Tatiana

  • P.

    AÉ QUE ELES IAM FILMAR OUTRO PAÍS PRA UMA NOVELA, E IAM MOSTRAR O LADO NEGATIVO.
    É A MESMA COISA DE UM DIRETOR AMERICANO VIR PRA CÁ E SÓ MOSTRAR FAVELAS, CRIMES, E COISA E TAL

  • alex

    E porque a globo iria mostrar isso ?
    essa modinha de criticar a globo pra
    ganhar ibope já encheu ,sabia ?
    um personagem ia falar pro outro,
    olha tem um corpo boiando ali..
    pô nada haver !!

  • http://www.seuwebsitenainternet.com.br Mêlanie

    Óbvio que esse lado nunca seria mostrado. Pegaram o lado bonito de um país extremamente pobre e divulgaram. Não há o que fazer. Isso não é de responsabilidade das novelas, existem milhares de programas que podem, e devem, mostrar isso.

  • ens

    disse tudo.. ‘ e para que a globo iria mostrar isso? ‘

    ela pode ser isso, aquilo. mas n é burra. “/

  • George Carlin

    Ai sim é treinar o sistema imunológico viu! Vacina? Piada não é?

  • Pingback: gil

  • Diêgo Lôbo

    Infelizmente, tive que moderar os comentários. As pessoas não sabem conservar a discussão pra algo que realmente interessa. Aposto que nem leram o texto para verem que não há nada de mais sendo falado da Globo.
    E enquanto não houver democratização da comunicação neste país, vou criticar a Globo e qualquer outra empresa de comunicação que se comporte como ela.

    :)

  • http://www.classificadosx.com.br/ acompanhantes

    nossa que coisa triste isso ae hem
    imagina quem vive em um local assim!!

  • Pingback: Acordando

  • http://vrlemosnet.blogspot.com/ vrlemos

    é lamentável ver o estado que esta o rio, e sem duvida isto tende a piorar cada vez mais.
    na verdade quase todos os rios do mundo estão sofrendo por causa das ações do homem.
    :(

  • Pingback: Índia: Sede das Comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente | E esse tal Meio Ambiente?

  • Luizcivil

    parcero sobre poluição tudo bem, se há provas sobre isso,
    mas não fale sobre cultura ou religiao de um país, ainda mais quando você fala ‘ conversei com alguns amigos indianos’, a religiao é a mais forte que existe, e mais antiga que o cristianismo, você nao pode dizer e falar em corrupção quando se trata de religião meu caro, tudo é uma questão de fé, então antes de criticar estude a respeito e de informações corretas, fale sobre o que você entende, beleza?

    • http://www.facebook.com/diegolobog Diêgo Lôbo

      Então, parceiro, eu acabei de vir de duas semanas na Índia. Viajei, vi lugares, conheci pessoas e, mais que tudo, conversei e tentei entender um pouco mais da cultura desse país milenar.
      Tenho diversos amigos indianos, inclusive os dois que usei como fonte neste texto.
      Então, por favor, não me venha pedir pra entender, tá? 
      Fiz meu dever de casa antes de escrever o texto…
      Pra finalizar, se não li errado, me criticou por falar em corrupção na religião? O que foi a Igreja Católica da Idade Média?

  • Rosane Rodrigues

    É ISSO QUE DA EM ADORAR DEUSES IMAGINARIO.